França

CASTELOS DO VALE DO LOIRE EM FERRARI – 4 DIAS

Saídas:

Saídas sob consulta.

Inclui:

-4 dias de aluguel de uma Ferrari modelo F458 Itália (ou outro carro/modelo que desejar), incluindo 1200 km;
-GPS;
-Seguro total com franquia reduzida de Euro 7500 (idade mínima de 28 anos, 2 cartões de crédito para o depósito);
-3 noites de hospedagem com café da manhã em hotéis 4*;
-4 almoços em restaurantes mencionados ou similares;
-3 jantares, sendo 1 gastronômico em restaurantes mencionados ou similares;
-Livro de percurso para todos os dias do itinerário;
-Todas as taxas da França para os serviços;
-Cartão de Assistência válido para o período da viagem sem franquia c/cobertura de € 30.000.

Não Inclui:
-Combustível para o carro;
-Depósito de segurança em cartão de crédito no valor de Euro 7500;
-Bebidas durante as refeições;
-Despesas pessoais como lavanderia, telefonemas, etc;
-Suplementos ou mudanças em relação aos vinhos propostos originalmente;
-Todos os serviços extras não mencionados no programa;
-Opcionais não incluídos.

Roteiro:

1º DIA: PARIS / CHAMBORD / BLOIS / ONZAIN

      – Às 8h encontro com o responsável para preenchimento das formalidades do aluguel da Ferrari. O carro será entregue no hotel. Então, saída para Etampes, Artenay e Beaugency. Almoço no Relais du Château em Beaugency. À tarde continuação para visita do Castelo de Chambord. O Chateau é o mais excitante de todos do Loire em estrutura e planta. O modelo original era de madeira de um italiano, Domenico da Cortona, mas foi muito alterado na execução. Leonardo da Vinci, que desenhou o palácio para François em Romorantin, pode ter se envolvido nestas modificações. Siga para Blois e faça uma parada para visitar o castelo; residência favorita dos reis e rainhas da França, dos condes de Blois, dos duques de Orleans e muitos príncipes em exílio. Em 1429, Joana D´Arcveio ao Chateau para que sua bandeira fosse abençoada. Percurso curto à Onzain e hospedagem no Domaine des Hauts de Loire 4*. Jantar gastronômico no hotel.

2º DIA: ONZAIN / CHAUMONT / AMBOISE

      -Café da manhã e saída em direção ao castelo de Chaumont. Através de sua posição e volume imponente, amolecida aqui e ali, com elegantes motivos decorativos, o Château de Chaumont transmite sua função original, como cidadela vigiando a área de Blois e seu uso final como agradável casa Renascentista neste vale real. No século 19 recebeu uma sensível restauração. Saída com os carros até o restaurante Domaines des Thomeaux localizado em Mosnes Village. Após o almoço, continue a viagem até Amboise. Começando com o reinado de François I, enquanto o tribunal geral ficou em Fontainebleau e no Louvre, o soberano ainda apreciava Amboise, até Henri II. A 500 metros adiante o castelo de Clos Lucé será sua próxima visita. Foi Francisco I, que trouxe Leonardo da Vinci para o Castelo de Cloux em 1516 e se instalou, a conselho de sua irmã, Margarida de Navarra. Leonardo da Vinci viajou através dos Alpes levando em sua mula, três de suas pinturas mais notáveis: Mona Lisa, St. Anne e São João Batista, que completou em Le Clos Lucé. O rei concedeu uma pensão a ele 700 Ecus em ouro por ano e, Leonardo da Vinci era “livre para pensar, sonhar e trabalhar”. Leonardo da Vinci foi tratado com afeto real por Francisco I, que o chamou de “meu pai”. Aos pés das muralhas do Castelo Amboise, com vista para o Loire, o Choiseul é um conjunto de residências construídas no século 18, rodeado por jardins de estilo Italiano. O local é base ideal para aqueles que desejam visitar os castelos reais do Vale do Loire e saborear a célebre cozinha da região. Jantar e hospedagem no Choiseull 4*.

3º DIA: AMBOISE / VILLANDRY / AZAY LE RIDEAU / TOURS

      -Café da manhã e saída em direção ao castelo Villandry. Concluído em 1536, foi o último dos grandes castelos construídos no Vale do Loire durante o Renascimento. Construído por Jean le Breton, um dos ministros das finanças da França. Continuação a Azay Le Rideau e parada para almoço em uma pousada do século XII. Após o almoço, visita ao castelo Azay Le Rideau. Foi durante o Período criativo dos primeiros anos do reinado de Francisco I, que o castelo de Azay foi construído. Localizado em Touraine, é um da sequencia de castelos do Loire, prestígio onde durante um século, os Reis da França gostavam de ficar. Esse edifício inaugurou a era de residências de lazer que combinavam o charme de um castelo de estilo francês, com a majestade de um palácio italiano. A água ao redor do castelo, as torres de canto e o caminho circular ao longo das paredes externas eram características arquitetônicas tradicionais da época medieval. Chegada às imediações de Tours no início da noite. Jantar e hospedagem no Chateau D´Artigny 4*, castelo majestoso de pedras brancas, o sonho da Bélle Époque de François Coty, famoso perfumista, pode ser visto de uma certa distância à medida que se sobe o Vale do Indre.

4º DIA: TOURS / CHENONCEAU / CHEVRENY / PARIS

      – Café da manhã. É possível um passeio de balão (opcional não incluído) sobre o Vale do Loire. Iniciaremos esta manhã atravessando do vale do rio Cher em direção ao castelo de Chenonceau. Construído sobre o rio Cher, onde uma beleza única desta arquitetura reflete nas águas, o Chateau de Chenonceau é o coroamento final do Vale do Loire. O Chateau des Dames (castelo das damas) como registrado nos livros de história franceses, Chenonceau deve grande parte de seu charme às mulheres. Construído em 1513 por Katherine Briçonnet, em seguida, Diane de Poitiers e Catherine de Médicis o fizeram ainda mais atraente e salvo dos rigores da Revolução Francesa pela Sra. Dupin. Os encantadores arredores, o jardim formal e o parque ao redor adicionam uma impressão e graça delicada emanada pelo castelo. Após a visita, chegada a Montrichard onde há uma parada para visitar a adega de Boule Blanche, seguida de degustação de vinhos Touraine. Estrada para Cour Cheverny para almoço no restaurante des Trois Marchands. Após o almoço, visita ao castelo de Cheverny. O atual Château de Cheverny é uma joia original entre os monumentos mais famosos que se estendem ao longo do Vale do Loire. Na verdade, o estilo renascentista não encontrou seu lugar no Cheverny, construído no mais puro estilo Luís XIII clássico, que se distingue por uma arquitetura extremamente simétrica. Cheverny foi construído na primeira metade do século 17, e é um excelente exemplo deste estilo. Seu aspecto delicado também se destaca pela brancura perfeita das pedras, das pedreiras Bourré no Vale Cher. Hora de partir em direção a Paris, chegando no início da noite. Devolução do carro e traslado ao hotel ou aeroporto. Fim dos nossos serviços.
 
Importante:

Preços sob consulta.

Hotéis previstos ou similares:
Onzain: Hotel Les Hauts de Loire 4* (Relais & Chateaux)
Amboise : Hotel Le Choiseul 4*
Montbazon: Chateau D´Artigny 4*

Especificações do carro:
Ferrari F458 Itália
Engine: V8 – 4499 cm3
power max. (kW/ch DIN): 570 hp
Gearbox Dual-clutch, 7-speed F1

A Ferrari 458 Italia já recebeu mais de 30 prêmios internacionais em sua curta carreira. Acrescentou também para sua coleção de premiações na Premiação do Ano de Motor Internacional, quando seu V8 foi eleito o “Motor de Melhor Desempenho” e “Melhor Fabricante de Motores Acima de 4 litros”.

Observações:

-Consulte-nos sobre o aéreo.
-Hotéis e serviços sujeitos à disponibilidade no ato da reserva.
-Leia atentamente as condições gerais.